Mães respondem: O que mudou na sua vida em 2016?

Rotina de cuidado pré-natal
14 de dezembro de 2016
Desvendar “quem somos” influencia a parentalidade consciente | Uma entrevista com Eleanor Luzes
18 de janeiro de 2017

Como temos visto nas redes sociais e outras mídias, acontecimentos de ordem local ou mundial colocaram muita gente contra 2016. Um ano, digamos, de desventuras em série. Mas para nós e muitas mães este também foi um ano de nascimentos e partos muito felizes. Perguntamos para algumas dessas mulheres, também como forma de homenageá-las, o que mudou em sua vida neste ano, com a chegada de um filho. Tamanha a transformação, talvez a melhor pergunta fosse: O que não muda? Mas foi a maneira singela que encontramos de mergulhar nesses universos particulares e transmitir a todos as transformações e aprendizados que vivenciaram em 2016 com a chegada de seus (ainda) bebês.

Matéria da Comparto com a colaboração de Duda Oliva.

“O que mudou depois que a Nina nasceu foi a descoberta de um novo tipo de amor, completamente diferente, que não mede cansaço quando fica uma noite sem dormir ou qualquer desafio que tenha que enfrentar. É um amor universal, verdadeiro e sem tamanho. E também, pela primeira vez, me descobri mãe, saindo daquela figura de ser esposa e filha, para uma nova responsabilidade: alimentar o corpo e a alma daquele bebê para se tornar um bom ser humano, que possa ajudar a construir um mundo melhor.” – Ive Bögli, mãe da Nina

“Depois que ela nasceu a minha vida está mais agitada e mais regrada, porque preciso ter mais horários, e muito mais feliz também, pois tem muito mais amor em casa e a gente se diverte bastante. Agora também tenho uma preocupação muito maior com o futuro do planeta, o futuro dela e o meu, pela nossa saúde.” – Drika Trevisan, mãe da Emília e da Malu

“Tudo muda. Nasce o filho e a gente nasce, mãe. Carregamos o maior amor do mundo no colo. Não é fácil administrar tudo, ainda mais com dois, mas vale super a pena!” – Cristiane Losada, mãe do Theo e do Luca

“Tudo na minha vida mudou desde que a Luísa nasceu, mas principalmente as prioridades. Antes eu tinha mais tempo para mim, para a minha família e meu marido, coisas que continuam sendo importantes, mas em outra escala. Agora, todos os meus planos giram em torno da Luísa. Isso fez com que eu descobrisse a importância de dar atenção para o outro, de olhar para o outro, e me colocar de uma forma mais empática em relação às pessoas. Esse foi o grande aprendizado que a minha filha trouxe para a minha vida.” – Carol Carrillo, mãe da Luísa

“A minha vida mudou completamente desde que ela nasceu, em todos os sentidos.” – Priscila Yamashita, mãe da Nina

Deixe uma resposta

https://www.netkart.org Στοίχημα paykasa